sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


A ocupação de Areia Branca iniciou-se quando vários pescadores decidiram estabelecer-se nas "Areias Brancas", na ilha de Maritaca, nos idos de 1860.

Durante a Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), as Areias Brancas foram utilizadas como abrigo para os que fugiam ao recrutamento militar, para ali enviados por Francisco Gomes da Silva, o "Chiquinho Gomes da Barra", residente na barra do rio Mossoró.

Quem primeiro ergueu casa de alvenaria de tijolo nas Areias Brancas foi Georgino Ferreira de Carvalho, em 1867. Um pouco mais tarde, em 1873, foi erguida a primeira escola e a Capela de Nossa Senhora da Conceição, que permaneceu de pé até ao ano de 1877. 
Em 1885, oito anos após a demolição, a capela foi reconstruída pelos fiéis.

Em 1872, Areias Brancas constituía-se em distrito de nº 10, de 16 de fevereiro, Areia Branca foi desmembrado de Mossoró e elevado à condição de município.
Situada às margens do Rio Ivipanin, 
é marcada pelo Porto Ilha e festejada 
como grande produtora de sal 
marinho, petróleo, deliciosos peixes, 
frutos do mar e banhada por belas 
praias de areias translúcidas e 
ensolaradas. 
Hospitalidade e simpatia são 
marcas registradas do seu povo. 

                             Aberta a todos os areiabranquenses 
                             ou não, que realmente amam e 
                             admiram esta linda terra, 
                             berço dos nossos ancestrais. 
                  Valorizemos e lutemos pelo que é nosso! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário